Livro de Ponto

...Soma e Segue...

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

D'Os Deolinda

Há músicas que nos entendem! Há músicos que tocam o que queremos dizer! Os Deolinda sempre foram uma agradável surpresa mas, com este tema, supreraram tudo! Cada palavrinha que a Ana pronuncia são lágrimas que caem do meu rosto...e de certamente muitos de vós que por aqui passam. Esta dedicarei aos meus Amigos e à  'malta' que aqui vai pondo o olho! Temos de ter força...


Deolinda - Parva que sou


Sou da geração sem remuneração
e não me incomoda esta condição.
Que parva que eu sou!
Porque isto está mal e vai continuar,
já é uma sorte eu poder estagiar.
Que parva que eu sou!
E fico a pensar,
que mundo tão parvo
onde para ser escravo é preciso estudar.

Sou da geração ‘casinha dos pais’,
se já tenho tudo, pra quê querer mais?
Que parva que eu sou
Filhos, maridos, estou sempre a adiar
e ainda me falta o carro pagar
Que parva que eu sou!
E fico a pensar,
que mundo tão parvo
onde para ser escravo é preciso estudar.

Sou da geração ‘vou queixar-me pra quê?’
Há alguém bem pior do que eu na TV.
Que parva que eu sou!
Sou da geração ‘eu já não posso mais!’
que esta situação dura há tempo demais
E parva não sou!
E fico a pensar,
que mundo tão parvo
onde para ser escravo é preciso estudar.

E não, não nos considero parvos...nem pouco mais ao menos...mas sim, somos governados por gente parva, no verdadeiro sentido da palavra latina: pequenos, baixos, medíocres...

domingo, 30 de janeiro de 2011

Noites

Para mim sair à noite tem sido um suplício. Mas, dada a próximidade ao chumbo com tantas faltas (embora justificadas), ontem lá me aprontei para ir ao bailarico com as mosqueteiras (menos a Beirona, que está em recuperação de um processo que a colocará ainda mais linda!)

Bem, importa aqui deixar descrito (para os membros do sexo masculino, que são muitos e, que seguem este blog) que, uma saída à noite não é apenas um giro: como quem vai ali beber uma mini e pronto! Uma Saída implica um trabalho de backstage enormíssimo que, muitos de vós desconhecem. Ora, sucintamente, irei aqui expor-vos os passos que uma miúda segue (da bíblia das raparigas - que na minha fase de adolescente era a Ragazza) e que se traduz em aproximadamente hora e meia de preparação.



Step one: O belo do banho - agua pouco quente, para não ficar com o rosto vermelho, o melhor gel ou esfoliante (pelo menos aquele que deixe a pele suave e o corpo com aroma);
Step two: O creme. Nunca se sabe como uma noite pode acabar (e não estou clarmanente a falar de envolvimentos físicos), mas convém levar a pele bonita, sedosa e agradável ao toque! (Parece que até a roupa nos assenta melhor!) E por falar e roupa...



Step three: (O mais difícil) A escolha da vestimenta...bem hoje vou levar isto...exprimenta...nah, isto não me fica bem hoje...troca para o plano b...está melhor, se conjugar com aquele sapato é capaz de ficar giro...(quando a coisa se complica, toca de ligar às amigas: olha, o quê que levas vestido?!)
Step four: Cabelo. Tenho cá para mim que esta é uma das partes mais importantes! Tem de estar lindo! Radiante! Bem cuidado e deve dar aquele toque de magia de acordo com a toillet! Ontem resolvi esticá-lo. Irmã fora...toca a usar placa! Já se sabe - um: creme para não estragar o cabelo; dois: secagem com o secador; três: inicio da maratona - bocadinho a bocadinho, para ficar just right! No final aplica-se gel brilhante, um bocadinho de cera et voilla! Com sorte, estará perfeito!



Step five: Make up! ... Após um excelente creme de rosto colocado aquando o creme de corpo, toca a disfarçar imperfeições (eu não, que ão tenho cá nada disso - o antibiótico fez milagres!), colocar a pré e a base, seguimos para os olhos, lápís, sombra, lápis, depois o fixador da base (pó mágio!), rimel e gloss! Txaran!
Step six: Bijuteria. Sempre a fazer pandan! Para mim as pulseiras são a cereja no topo do bolo! Também me agradam os brincos: pequenos, grandes, enormes!! Dispenso colares e aneis (e acho que relógio é mais peça do quotidiano).
Step seven: Perfume! Um exagero! Temos de passar e deixar o rasto (isto se o local para onde se for não estiver já intensamente perfumado pelo tabaco...)
Step eight: Que eu ignoro - é a escolha da carteira. Detesto andar de carteira!



Claro que na passagem entre cada passo, há a miradela ao espelho! Queremos sempre estar perfeitas! Só assim a noite pode correr bem!

Quanto à noite de ontem: foi fabulosa! Diverti-me e dancei como há muito não o fazia! (e tinha mesmo de ser pois havia meio chocolate para queimar!!) Claro que, a noite só corre bem quando se está na melhor companhia! E nisso...nós somos imbatíveis!


sábado, 29 de janeiro de 2011

E foi assim

Que passei talvez mais uma hora na página da BMW a babar-me para o Série Um, a configurar, a desconfigurar...a mudar estofos, jantes, frisos...e a suspirar. Como é possível ter estado tão perto de o comprar e, de um momento para o outro...puff! A vida dá mesmo muitas voltas...

Basicamente vim aqui para me lastimar, posso?
Obrigadinha, sendo assim vou continuar.


Também me continua a chatear ter de fazer o raio das limpezas! Não é por nada...(não é por estar frio, dar cabo das unhas, estragar a roupa com lixivia, ter de sorrir a malta que nem bom dia diz...) é só porque acho que a farinha me faz comichão no cabelo...a sério! (se o tenho lavado? CLARO!)
Também me quero queixar dos alunos mais lentos a quem dou explicação: será que não dá para mexer as mãozinhas de uma forma mais rápida?! (Gosh) E aproveito para manifestar vontade de dar uma palmada no rabo naqueles que ignoram o esforço financeiro dos pais em os manter nesse (mais um) extra.
E ainda quero mostrar que continuo muito frustrada por não estar colocada a dar aulas! ... até colegas de 52 anos são colocadas!! - queixava-se uma amiga ontem.
Por fim, e para mostrar o quão grande é o meu desalento, ainda só perdi 2kg, o que me irrita profundamente e, em jeito de protesto e enquanto escrevo este texto absolutamente estúpido, (até criei uma nova etiqueta) comi metade de uma tabelete de chocolate. Se vou sair?! (que hoje é sábado) Sim, vou, e vou queimar a porcaria dessas calorias todas! E amanhã serei uma nova pessoa, muito mais feliz, com menos olheiras, sem comichão no cabelo e mais magra. Tenho dito.

Obrigada pela atenção.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Acreditar?! Em quê?!

Como já vos expus, sou professora e como muitos milhares, ando à procura de emprego nas ofertas de escola. Ora para os alheios a esta fabulosa carreira docente, as ofertas funcionam através de anúncios feitos pelos Agrupamentos que anunciam as vagas e colocam critérios aos quais os candidatos deverão corresponder. É uma maçada concorrer às ofertas pois passamos a vida a escrever o mesmo: Licenciatura em X, nota de curso Y, nota de estágio Z, tempo de serviço W e graduação profissional K.
Já era usual constatarmos que determinadas ofertas já tinham o destinatário escolhido pois os requisitos são praticamente impossíveis de ter: ter feito a formação XPTO, ter trabalho no Agrupamento no ano KTM, Pertencer à Corporação de Bombeiros da Localidade XXX…e por aí adiante.
Eu via. Ouvia falar de tudo isto. Mas nunca o tinha sentido tão perto.
Imagine-se uma oferta cujos requisitos são, alem das notas (profissionais e académicas) ter leccionado no agrupamento. Até aqui, nada de novo. A isto somem a candidata ter leccionado na escola em questão e na turma para a qual é a vaga. Qualquer um de vós diria: A vaga é dela! Continuidade pedagógica! Conhecimento do meio…fon fon fon… Seria isto tudo. Ou não. A colega, minha grande amiga, não só viu o seu lugar ser ocupado por outra docente com menos habilitação académica e portanto, uma nota inferior à sua, como também fica a saber que o seu nome não constava da lista de candidatos! … Reclama! – Disse eu indignadíssima!
Pois bem meus caros…ela está a tentar, mas com o pré-aviso sindical de que nem vale a pena.
Posto isto, só queria acrescentar uma coisinha. Desta vez a meu respeito. Sabem o que é concorrer a uma vaga fantasma?! Pois é! Mas eu sei! Porque bem a vi, concorri e…de um dia para o outro desapareceu! Como que por magia!
E ainda dizem que não há bruxas…

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Parabéns

Não não, tenho de me congratular pela enorme parvoice que tenho andado a fazer:

Concorrer a ofertas de escola com menos 1 valor de graduação!

Ora digam lá que não sou um génio?! Os tipos da NASA é que ainda não me encontraram senão já me tinham enviado para...o quarto planeta do Principezinho para aprender a fazer contas! Ahhhh que só me apetece arrancar a cabeça!!


Obrigada Nelson!...Foste a estrelinha do meu dia... (apetecia-me ser nortanha para dizer agora umas valente caralhadas.)

Sobre as Eleições...

Apraz-me dizer somente isto:

domingo, 23 de janeiro de 2011

Before sleep

Hoje, antes de adormecer, vou Te pedir ainda com mais força, com mais fervor, com mais devoção:

Faz com que fique colocada! Tira-me daquele trabalho horrível...Dá-me o prazer de fazer feliz os outros com o que de melhor sei fazer: dar aulas. Obrigada.

Dos amores



Ontem, enquanto me preparava para sair à noite, apesar do frio horrível que estava, ligou-me uma grande amiga. Estranhei a ligação pela hora mas, claro, atendi sorridente:

Eu: Então princesa, onde é a saída hoje?!
Ela: Nem me digas! Estou pior que estragada, estou mesmo desiludida com ele...
Eu: O que foi? O que se passou? Não me digas que terminaram novamente!!
Ela: Não, mas secalhar devia...oh Ana, não sei o que fazer...acreditas que me falou torto por ter batido com a porta do carro?! Bolas...faço de tudo para que as coisas corram bem e 'tou sempre a levar no focinho...não ganho mesmo juízo pois não?
Eu: Então e o quê que tu fizeste?
Ela: Saí do carro e disse que lhe exigia um pedido de desculpas ou ele nunca mais voltava a ver-me a cara.
Eu: E ele?
Ela: Pediu-me desculpa e eu lá fui...porque tinhamos combinado sair com os amigos dele e eu não quero criar más cenas 'tás a ver?
Eu: Sim estou...mas não achas que...bem, tu sabes o que eu penso. E sabes que já passei por isso...
Ela: Pois sei...o problema é que eu nem sei porquê que estou com ele...parece um vício! Mas quando estou com outros gajos...pá, a cena não flui, não é a mesma coisa e tenho saudades dele e das coisas que fazíamos...(ela começa a chorar) acho que merecia que ele fosse melhor comigo...
Eu: Mericias que ele te colocasse num pedestal * ! Ele sabe bem que não encontra outra miuda como tu e depois vai andar aí a bater com a cabeça nas paredes porque te perdeu!!
Ela: Desculpa 'tar sempre a melgar-te com este assunto..(chorando), mas já não sei mesmo como dar a volta a isto...
Eu: Calma. Onde estás agora?
Ela: Na casa de banho do bar *...precisava mesmo de sair dali e desabafar...
Eu: Vá, compõe-te! És uma senhora! Limpa as lágrimas e vai divertir-te!
Ela: Desculpa 'miga...
Eu: Amanhã ligo-te para saber como estás ok?! Vá, coragem! Lembra-te só das coisas boas e do que sentes quando estás sem ele! Combinado?!
Ela: 'Tá, desculpa, beijnhos.
Eu: Força *!

Hoje liguei-lhe para saber como tinha terminado a noite. Ela não atendeu. Agora que revejo a conversa, parece que estive a falar comigo própria há um ano atrás...há homens, perdão, omens que não merecem mesmo nada.

sábado, 22 de janeiro de 2011

E por falar em Aniversário...

Estas coisas são como no Natal, não devemos deixar as prendas de anos para a véspera! Vai daí e porque sou vossa amiga, vou deixar aqui a lista das coisinhas que ficariam bem em mim ou em minha casa:

1) Continuo à espera disto












2) Aceitam-se mais pecinhas Pandora


3) Vi uma carteirinha Gucci que é um mimo na Valise do Forum...
4) Uma musica ambiente agradável

5) Roupa, sapatos...acessórios

Estejam à vontade que eu não sou esquisita!





sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Por um mês



Daqui por um mês vou estar a celebrar o meu 26.º aniversário. Como nessa altura vou estar muito ocupada a apontar as coisas boas e más que me aconteceram nesse dia - deixar a casa dos pais, começar uma vida conjugal, ter uma despedida de solteira e claro, comemorar um quarto de século, tenho de aproveitar agora para fazer a retrospectiva deste ano, até porque tarda que não tarda vou estar colocada (cof cof) e depois haverá muito trabalho para fazer, aulas, planificações, reuniões and so on.

Ok. Os meu vigésimo quinto aniversário foi o mais conturbado de toda a história da minha vidinha. Foi, sem dúvida o ano em que cresci mais, me tornei idependente (nos sentidos mais fortes da palavra: familiar e amoroso) e, é certo, mais mulherzinha. Ora, foi simultâneamente o meu melhor ano profissional - uma turma a tempo inteiro, próxima de casa, amigas sempre presentes, família e Lab por perto! Passei e ultrapassei coisas puxadas, das quais duvidávamos ser capaz. Mas fui e aqui estou. Repito, a um mês dos vinte e seis.


quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Fashion is

Eu prometi e como sou uma pessoa de palavra (e até já tenho menos uns centimetrozinhos), tenho tentado fazer da minha nobre e simples pessoa, alguem mais in, usando make up diariamente, um sapato mais alto (embora as minhas All Star Pinky continuem a estar na primeira fila), e roupa mais feminina (que normalmente só uso ao fim-de-semana). O meu principal problema continua a ser o desconforto que a toilet bonita me causa e o briól que se passa à conta da mesma. Repito para mim vezes sem conta que para se ser bela é preciso sofrer, tal qual ouvia há três anos uma aluna de 4.º ano dizer a uma colega.
Bem, paleios à parte, a minha irmã recebe uma revista muito querida com roupas acessíveis e jeitosas da qual encomendei dois vestidos. Um deles é este:

Estão bem a ver?! Então foquem-se nesta imagem pois está será a mais fiel réplica da minha figura no Verão! Fashion! (Também vou tentar dar um tom mais nasal à voz) As carteiras/malas eu já uso assim.

E a Cinderela também já tem o sapatinho:


E posto isto, apenas vou acrescentar a abóbora que quero para o baile:


video

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Já vos disse

que o Brandon Flowers é just my type?! Não?!

Ah, então tenho mesmo de o dizer! Isto claro, se a baba que estou a deixar cair ainda não chegou aos vossos dedinhos dos pés!
Amo aquele sorriso! Que ar maroto pá, que olhar doce e cativante!! Ele olha mesmo nos olhos!

Gosto de homens giros, com estilo, com pinta...charme, glamour! Que tenham um corpo UOU! Hummm, que cheirem bem...que saibam envolver uma miuda...inteligentes, românticos (mas não colantes!)...

Este tipo inspira-me a sonhar com principes! E pior, a acreditar neles! Sair à rua com um sorrisinho parvo à procura do tal. Será que existe tanta virtude numa pessoa só?!

Vá, desce à terra Ana.

PS: Este foi o único, à data, a colocar o Adam Levine em second place.

Dar comida ao cabelo


As coisas que inventam! E que eu tenho de usar! Que chatisse!

domingo, 16 de janeiro de 2011

Dos meus domingos

Lembram-se de os meus primeiros posts de domingo serem caóticos?! Hum Hum, detestava! Era um dia pasmaceiro, pacato...enfim! Uma seca daquelas!
Agora, ironia do destino, é o meu dia favorito! Verdade! É o único dia em que consigo descansar algumas horas, colocar a minha casa (minimamente) em ordem e...o melhor dos melhores, andar confortável! Pijama, quentinho, chinelinho...delícia!



Bem, o que mudou para agora estares bem disposta?!...A resposta é só uma: DORMI 15HORINHAS. Apenas isso. Como passei a semana a chorar que nem uma madalena, estava exausta ontem, pelo que, chegada a casa, enfiei-me nos lençóis. Ainda coloquei despertador para as 23h15 para ir cafezar com as minhas amigas, mas sem efeito...não me consegui levantar!
Agora para tudo ser perfeito, era ser colocada amanhã!

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

O meu dia hoje foi assim passado

Levitar



Hoje, agora, sinto-me a precisar de levitar. Dar o baza.
Frágil. Sensível. Revoltada. Há pessoas que não têm o mínimo perfil para atenderem o público e, com informações erróneas, fazem-nos sentir mal. Uma culpa imensa, uma falha inadmissível. Mas...quem nunca falhou?!
...Só queria fechar os olhos e dormir. Acordem-me quando ficar colocada.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Cabelo de *Oro

Eu já sou uma bonequinha de porcelana Inglesa.
Tal como prometi, este ano ia cuidar (ainda mais) da minha cândida pessoa. Os primeiros passos estão dados:
Tratamento de peso - quem ler deve pesar que eu sou um texugo! Não, nada disso! Quero é ser...hummm elegatérrima! (Sonho alto eu...)
Tratamento de corpo - cremes, esfoliantes, óleos e todo o tipo de coisas cheira e cuida bem!
Perfumada q.b. - adoro o meu Gucci Me e tenho-lhe feito a devida publicidade!
Cabelo no ponto! - Lourinha e com ele crescendo!

Ontem a minha irmã recomendou-me mais um novo produto, que eu, como sempre, aplicarei sem cerimónias!

Agora vocês votam na imagem que mais se identifica comigo! Hahaha!







Salsa...

O regresso! Uhaha

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Monopoly

Lembram-se de passar tardes inteiras a jogar Monopoly?! Eu recordo-me muito bem! Eram tardes cheias, repletas de desafios e que nos ensinavam a lidar com dinheiro, a investir e, de certa forma, a cumprir com as devidas punições quando dávamos passos maiores que as pernas e ficávamos sem fundo maneio.
Ora, hoje, enquanto ouvia as notícias recordava-me desse jogo...recordava-me da vergonha que era quando perdíamos as propriedades ou, em situações de dívidas ao banco, voltávamos o cartão e lia-se a palavra HIPOTECADO. Sinto que o nosso país está virado ao avesso.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Insónias


Eu cá não sou de baixar os braços. Luto diariamente para manter as coisas que, com algum esforço, fui conseguindo e orgulho-me muito disso.
Sempre ajudei os meus pais no negócio deles, conforme podia: carreguei máquinas, ajudei a montar antenas, arrumei peças…

Cheguei a fazer aproximadamente trezentos quilómetros diários para dar quinze horas semanais de AECs…e fazia-o feliz, pois, embora não 100% como queria, pelo menos estava ligada à minha área. Era a teacher e ainda hoje, os alunos com quem mantenho contacto, é assim que me tratam.

Já me levantei às 5h30 da manhã para distribuir cartas – giro 001 no CDP da minha vila; mais tarde, com horário repartido, fiz distribuição e expedição de registos no RV008…e foram umas férias felizes. Era carteira, divertia-me e gostava mesmo daquilo. O colete era desenhado pela Ana Salazar (que provavelmente será a única peça da estilista que colocarei no pêlo).

No ano lectivo seguinte, fui convidada a coordenadora das AECs de Inglês de um concelho onde o meu trabalho havia sido reconhecido. Fi-lo com todo o empenho e dedicação e ainda hoje recebo elogios por tal. No mesmo ano, conciliei coordenação, Apoio Sócio-Educativo diurno e Língua Portuguesa para Estrangeiros noturno. Era feliz e sentia-me cada vez mais realizada.

Seguiu-se o ano de ouro! Uma colocação, numa escola! Uma turma só para mim, os meus alunos, a minha sala, o livro de ponto, “a senhora professora”! Era a concretização de um sonho de anos. Na altura, entre colegas, aguardávamos impacientes o toque das 10h30 para ir tomar um café, jogar conversa fora…agora, pelas 10h30 também saio, cheia de farinha, de uma padaria onde faço limpezas…
A vida nem sempre nos sorri. Hoje foi um dia triste.


domingo, 9 de janeiro de 2011


Já sabem que no que toca a estas coisas, nunca há muito a dizer. Diz-se obrigada, que todas as visitas são preciosas, que é bom ter seguidores e patapi, patapa...
A verdade é que isto é um projeto, que deve ter no mínimo a duração de cinco anos - de modo a confirmar a teoria de que "aos trinta é que é!*" - e, com meros três meses de existência, o resultado é francamente positivo!

Não sei se os posts são do agrado de todos, se a minha escrita vos cativa, se as histórias/pensamentos/desabafos/opiniões vos tocam de algum modo...mas, quero mesmo agradecer-vos o acompanhamento!

* O primeirinho post constata que, na sua maioria, as mulheres estão em pleno aos trinta anos. Ora, para comprovar essa teoria, aceitei o desafio de escrever nos próximos anos (e não, eu estava sóbria) uma espécie de diário que venha ou não comprovar tal. É isto.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

No dia...

...em que vender o meu carro, irão perguntar ao vendedor: Era de um vendedor ou de um agente comercial?! Ao que o vendedor responderá: Não, era de uma professora.

Em comemoração dos meus felizes centro e trinta e cinco mil quilómetros... Obrigada ZE ;)

What does a woman want?

Adoro esta música. No presente momento é o tema que mais mexe comigo. Agrada-me imenso a voz do Brandon, o sorriso doce que expressa e o ar que coloca ao cantar. A letra tem qualquer coisa que...inexplicavelmente alegra o meu coração. Gostava que alguém cantasse assim uma música para mim...de modo a que pudesse relaxar, e cumprir com o final...lay my body down...next to yours.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Here I go Again

"Ninguém te pode magoar sem o teu consentimento"

Faço anos em Fevereiro

BMW Série 1 – fica na memória.

O BMW Série 1 de 3 portas fica na memória. O modelo de três portas da BMW ostenta uma presença elegante e vigorosa, com um design que destaca as virtualidades desportivas do elegante automóvel. Os potentes motores presentes no BMW Série 1 de 3 portas, oferecem inesquecíveis momentos de condução dinâmica, quer seja através do bloco de seis cilindros em linha a gasolina, o motor de quatro cilindros a gasolina ou as unidades diesel de quatro cilindros. O problema da eficiência é resolvido magistralmente através das tecnologias BMW EfficientDynamics, que incluem um conjunto de medidas inteligentes para reduzir o consumo de combustível e o nível de emissões de CO₂, aumentando simultaneamente uma condução mais dinâmica do BMW Série 1 de 3 portas.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Pedacinhos

Normalmente as coisas  estão divididas em partes - umas maiores, outras mais pequenas. Os Químicos diriam que a matéria se fragmenta em partículas. Eu, simples terráquea, limito-me a escrever que os meus dias se compõem por pedaços...
Tenho o pedacinho do pequeno-almoço - instante em que, ainda atordoada, saboreio o conforto da minha cozinha;  o momento com o Lab - saindo pelas redondezas, apreciando, contemplando e respirando cada pedacinho  dado pela natureza;  o duche onde fecho os olhos,  peço à água que me aqueça a alma e leve para longe este estado. No fim, o pedacinho de nuvem branca...onde me deito, procuro a paz, a coragem e...os pedacinhos bons que me matêm aqui.


segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Só para informar

que ganhei coragem (e dois palmos de testa) e comecei a usar a minha pasta da Guess! Ora digam lá se não é linda!


Cansei-me de aguardar pelo momento certo para a usar...(que seria numa colocação, numa escola, com uma turma..)
Apesar de tudo, eu continuo a ser professora. E graças a um empurrão conselheiro, lá troquei as coisas da minha antiga mala para a nova - parecia uma criança que vai à escola pela primeira vez: cheia de cuidados para não sujar a mochila nova, tudo bem arrumadinho, direitinho para não estragar!

"Podem-nos tirar tudo, mas a nossa formação, essa, ninguém nos tira."