Livro de Ponto

...Soma e Segue...

sábado, 20 de agosto de 2011

Não volto a viajar pelas novidades do face. Não. Ultimamente todo o mundo se casa! E quando digo todo o mundo é mesmo todo - inclusivé as coisinhas mais insonsas, mais cobrinhas e mais desprezíveis do mundo. É nesta altura que olho-me ao espelho e pergunto: what´s wrong with me?... não, não vou chorar nem coisa que se pareça - só estou um bocadinho, como direi...revoltada! Naaaaa, nada disso! Também não me quero casar para usar uma aliança e ser eternamente uma mulher incompleta! Também já não considero a necessidade de casar para ser mãe...de todo que não me preocupa ficar para tia porque vou ter sobrinhos lindos e assim até poderei ser uma professora super dedicada e viajada... (caramba pá)...


16 comentários:

tiago disse...

Sem duvida que antigamente so se tinha filhos quem se casava ou os tinha para se casar, para sair de casa.....
Hoje não, para alem de que hoje em dia vê-se mais pessoas juntas, só casadas por civil ou nem isso. Claro que algumas pesssoas sonha com o casamento, neste teu caso, vestido de noiva, festa...mas não é por ai
o que duas pessoas sentem, o sentimento que as une, o que vivem no dia dia, experiências trocadas são mais importantes que o casamento em si. Desde que se entendam e deem bem é o que interessa

Feliz disse...

Bem, em todo o caso...tenho ainda 4 anos para tentar concretizar tudo isso! Não esquecer que o lema aqui é: "aos trinta"! Por isso...nao vou entrar em pânico! By the way...onde está a minha bomba de oxigénio?!?! =P

tiago disse...

bomba de oxigenio porquê?!!! Não me digas que o suspiro foi tão grande que ficaste aflita, faltou-te o ar?!!!

Feliz disse...

LOOOL às vezes é preciso inspirar com mais força!

Paulo Nunes disse...

Não vejas o casamento como um bicho! é preciso é acertar na pessoa, o que hoje em dia é dificil porque as pessoas ligam mais aos sentimentos do que à relação em si mesmo. Para mim, uma relação a dois 60% é saber viver em comum e 40% sentimento. Se a outra pessoa não souber ser responsavel e não souber viver em comum.. as pessoas começam à "tareia" logo maior desgaste. Daí ter mais peso (60%).
E pior....irrita-me profudamente aqueles casalinhos super hiper mega lindinhos... cada um mais lindo que o outro.. Irra! não será possivel encontrar uma mulher gira com um homem normal? ou vice-versa? por amor de deus! aos 50 anos... estão todos enrrugados! o que isso interessa?
Beijinhos

PS: Casa casa casa!!! :)))

Feliz disse...

@Paulo - Eu até consigo compreender o teu ponto de vista...acho que se se tiver uma convivencia saudavel, o sentimento flui naturalmente!!

Eu não caso porque não tenho noivo! Ahaha! Senão, claro que casava!! Alias, era esse o meu objectivo ao final de 9 anos de namoro ;)

Beijinhos**

Anita disse...

Lá porque anda tudo a casar não significa que andem a casar bem [lá estão os polens a fazer efeito]. Acredito no casamento, mas acredito mais ainda no amor e olha que um não tem de andar de mão dada com o outro.
Deixa lá essa gente toda casar, descasar, viver feliz ou amargurada que um dia... "o dia" é teu! :)

Paulo Nunes disse...

9 anos de namoro? xixa :)
Eu namorei 7 anos certos e casei no dia em que fizemos 7 anos de namoro! ja la vamos com 4 anos de casados :)
Foi dificil achar....e passou mtos testes!hehehe homens deves ter muitos... mas se calhar a qualidade...é que é pior certo? :)
Vá... despacha-te.. quero ser convidado... eu adoro festas de casamento!!! :))

Feliz disse...

@ Anita - Obrigada, de coração pelas tuas palavras! Neste momento estou a tentar mentalizar-me para o contrário. Já estou em desespero...nem tão pouco namoro! Por isso, acho que o melhor é focar-me no trabalho, na família e amigos! Se algo vier, que venha por bem! Caso contrário...haja saúde! ;) Obrigada :')

@ Paulo - sim, é isso mesmo! 9 anos! Conto a história num post de há uns meses, "Pos Amor". Não deu, a vida continua! Fico feliz por o teu namoro ter seguido em frente - acho que é o plano de qualquer um! Mais ainda por 4anos de matrimónio! Que dure e perdure! ;)
Vá, se, nota bem, se me casar, levou-te um pratinho de arroz doce! ;)

beijinhos "amigos"

Feliz disse...

Ah, ainda dos pretendentes: até pode haver (que os há - e não quero estar com falsas modéstias)...mas assusta-me verem uma figura e não um todo, com interior, como já falei...
Tenho conhecido pessoas extraordinárias!! Só que o meu coração anda apático!! - não reage...

tiago disse...

EU ouviu aqui a falarem em arroz doce?!! ouvi? Fixe tambem quero mas nao me contento com pouco, vou ja avisando menina feliz:D
Estas em desespero?!! Naoooooo, não precisas. Como disseste e eu tenho a certeza que os tens mas la está, ainda não apareceu aquela pessoa que mexe-se contigo a serio...
foca-te em outras coisas, aproveita agora que podes dar mais atenção aos amigos, familia..."vinga-te " a dar mimos neles

Anita disse...

Feliz,
Sabes que mais? Been there, done that!
Já casei, já fui mãe, já me divorciei e mesmo tb não tendo namorado continuo feliz [e olha que eu tenho mesmo 30 =P].
Esse é o espírito: o que vier que venha por bem e para melhor porque para chatices, já bastam as o dia-a-dia.
Só se andaramos felizes com o que temos é que as coisas boas acontecem. Tristezas não pagam dividas ehehehehe

Feliz disse...

@Tiago - sabes bem como são as coisas! ;) Mas eu estou bem!! Sim, tenho mimado todos! E tu também sabes disso ;) Sim arroz doce do bom! Perfeito era ser feito pela minha vobis! Faz arroz doce como ninguem! :D

@Anita - Lá está! Tu comprovas a minha teoria que aos trinta é que é! Feliz pelas experiências, pela vida! E...vou falar do que não sei, atenção, acho que ter um filho deve ser das coisas mais belas, mais gratificantes da vida! :')

tiago disse...

Claro que sei, né. Basta nós sentirmo-nos um pouquinho mais em baixo para vir logo esses pensamentos menos bons ams temos de lutra contra eles. Quando eles se aproximam é começar logo a pensar em coisas boas.
Arroz doce...hum, pensas assim porque ainda não provaste o meu:D

PR disse...

Feliz:

tenho 31, sou tia (de 6), sou viciada em cremes (faço alergia a tudo, só uso cremes de bebé), e sou feliz...

decsonfio que a maior parte das pessoas que se casam é pelo "comodidade" de responder ao apelo da sociedade e pressão da família...

aos 31 sou solteira, boa rapariga (mas saída da casca) e assim quero continuar...

sê feliz como és...

não procures nada para responder aos outros


beijo enorme e prazer em te conhecer (através do post dos profslusos)

Feliz disse...

Hello PR ;)

Eu ainda "só" tenho 26 - mas sim, já sinto essa "pressão" da família e, de certo modo da sociedade, muito embora me esteja a borrifar para esta última!

Não o farei só para ir na onda - sou uma apaixonada por natureza e, honestamente, tenho vivido mais enquanto solteira do que em 9 anos de namoro! ;)

Obrigada pelo miminho! Vai aparecendo! :D

Beijinhossss