Livro de Ponto

...Soma e Segue...

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Por onde ando


Tenho corrido por aqui - parque da paz! É uma verdadeira delicia! Muita gente a correr, a andar, a brincar com os miúdos! Não me sinto só aqui. Aproveito para colocar a saúde em dia, o corpo em forma e...pensar na vida. O que me espera no futuro. Bem...agora está na hora de mais uma corridinha!

E se disser que só me apetece comer doces?! Aiiii mas tenho resistido! Porque não os comprei, porque depois no fim de semana não me vou sentir tão mal quando comer a minha dose de pipocas enquanto corrijo os testes diagnósticos que, diga-se de passagem, estás uma miséria!

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Coisas que eu não tenho

Aptidão para a cozinha...

Da estupidez humana e da falta de um orgão chamado coração...ou cerebro

Enojam-me as pessoas que se julgam mais que os outros. Aquelas que acham-se no direito de pisar e gozar com os sentimentos que os demais possam nutrir por elas.

Uma pessoa só é bonita até ao momento em que sabe que o é.

Não podia mais concordar com isso. Que seres estupidos são esses que por aí existem e que primam por fazer dos outros gato sapato. Será que essa gentinha infeliz não sabe [nem sonha] que what´s goes around comes around?!? Alguém devia alertá-las, pois à dose de malvadez que têm praticado, uma vida só não chega para pagarem o sofrimento que causaram nos outros.

É nestas alturas que eu me sinto tão, mas tão acima destas personae non gratae! Que feliz que eu sou por ter um coração enorme - que perdoa e recebe sem ressentimento as pessoas que mal me fizeram, que com os meus sentimentos algum dia brincaram. Melhor recebo ainda aquele que, vindo por bem, entram na minha vida com sentimentos bons por mim.

Infeliz daquele que precisa de tratar mal os outros para se [tentar] sentir feliz...


sábado, 24 de setembro de 2011

[Day n Night]

Bem...
Já estou instalada por Almada. Fiquei com uma colega, num simpático T2, com umas varandas fantásticas - de onde a vista é a que publiquei.
A escola é enorme e muito agradável! Tenho, por um mês, um terceiro ano dinâmico e educado!
Não sei o que virá depois deste mês de trabalho e, honestamente, não estou muito ralada com isso. O que vier, que venha por bem - e aproveite a maré de apatia em que me encontro desde segunda feira...
Já do mestrado...ainda nada sei - o arranque do ano letivo foi adiado...

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Fiquei aqui...

...precisamente! Ainda não estou em mim, pelo que hoje será apenas isto.
Obrigada amigos*

sábado, 17 de setembro de 2011

Da vida de solteira [e boa miúda]

Já disse que continuo solteira e boa rapariga. Se sinto falta de ter um namorado? Não. Não porque mantenho com todos os meus amigos uma excelente relação, que não me priva de absolutamente nada, nada do que gosto de fazer. Somente não possuo contato físico com alguem - o que pode ser aparentemente chato, frustrante...tem dias.
Já me encontro nesta condição há algum tempo - tempo suficiente para saber que não me satisfaz ter alguem por ter, porque sim, porque é tão bom ter alguem. Não me convence. Namorar, para mim, implica muito mais. É da partilha que falo, mas também o é da convivência diária, dos laços infimos que se criam e se querem à viva força manter.
Talvez seja este estado incompleto a nível profissional que me faz colocar a vida sentimental [um pouco] à parte, um pouco à margem, que a deixa assim, neste lume brando.

Sou esquisita. Sim. Não. Não sei. Sou exigente?...também não sei se é essa a palavra. Só peço de volta o que dou, não mais, não menos. Só exijo  sinceridade, honestidade. Não suporto cobardes. Não mantenho maus-carateres. Não procuro um modelo, nem um milionário. [hahaha e agora este último parágrafo parece um anúncio de jornal sentimental]

Não sei por quanto tempo manter-me-ei assim. Também não estou [hoje] minimamente preocupada com o assunto. Escrevi sobre o mesmo porque me perdi pelos blogues que sigo, pelas músicas que ouço e, como nos primeiros estavam alguns homens elogiados, como fui escutar Tarkan...recordei-me de uma passagem de vida...[que hoje desejava não ter tido...]



Se de facto este post vos parecer um anúncio, este é o único candidato aceite.


Da semana ao fim de semana!


E giros que são os meus phones?! Ah pois é! Depois de uma semana mais tristonha, menos feliz, eis que chega o weekend, que agora se inicia e cuja espetativa é alta! Venham os planos! A vontade já cá está! Bom fim de semana amigos!

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

De minha casa, do meu escritório...
Já ouço as campaínhas da escola...vá, do Centro Educativo.

De minha casa, das minhas janelas,
Já vejo os meninos do primeiro ciclo a sairem do Centro Educativo.

Em minha casa...o meu coração doeu hoje mais um bocadinho...

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Aqui está ele!

Ora aqui está o meu adorado cabelo! Vítima das mais agrestes loucuras! Já conheceu caracóis, lisos intensos, ruivos, pretos, louros, rosas, chocolates... mas agora está num ar mais polite! Como se quer numa futura professora colocada! [quero começar a ter um pensamento mais otimista!] Gosto da cor. Ficou bem! E o melhor é que vai abrir e tornar-se mais claro. Segundo a profissional, trata-se de um louro escuro com reflexos cinza. Em relação à/s tesoura/s...hum...hoje achei que estava bem demais para ser castigado a esse ponto, pelo que o corte está adiado! Claro que este modo stand by é até olhar para uma das minhas meninas das explicações e pensar o corte dela é mesmo, mas mesmo giro! Ir-me-ia ficar fantástico! Óbvio que nunca fica como na modelo original e, invariavelmente, acabo por me arrepender! Logo, segurem-me as ideias, antes que me arrependa!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

"Querido, mudei a casa!"

Não...não mudei a casa, mas mudei a cor de cabelo! Vá, dei-lhe um jeitinho de modo a que a raiz e as madeixas não se notem tanto!
Aproveitei o facto de a minha mana [Ruiva] ser cabeleireira para esta variação! Amanhã devo ousar um pouco mais e pedir-lhe que traga do salão as tesouras e me dê uma escadeadela para realçar os jeitos...enfim, para realçar a vida!

Aqui costuma dizer-se que quando mudamos de visual, a nossa vida também muda. Confesso que estou um pouco cética quanto a isso - especialmente porque quando fiz a franja nada mudou! Nem mesmo quando, há três anos, o pintei de preto com nuances rosa (florescente)...



segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Proezas

Podia chamar-me Drª Proeza! Sim! Drª Feliz Proeza! E Porquê?! Porque, pela minha vila, consta que, na mesma semana, fui namorada de duas* pessoas diferentes! Hum Hum! Só espero que tenham tido a decência de não fazer os arranjinhos em simultâneo - é que é um bocadinho chato...



* um dos meus melhores amigos e o meu ex namorado.

sábado, 10 de setembro de 2011

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Das minhas paranóias com o corpo


Ando novamente obececada com o corpo. Aumentei o peso. Mas sei que foi em massa muscular pois tenho corrido diariamente e pesei me na farmácia, de onde tenho guardado todos os papeis.
Eu sei disto tudo, que sei. Sei que a massa muscular é mais pesada que a gorda - da qual tenho perdido alguns quilogramas... Mas não consigo deixar de me sentir mal por não ver mais o 55 na balança. Só me apetece chorar...tenho pavor a voltar a engordar e...vejo e revejo as fotos. Faço zoom. Olho e penso: não posso estar assim tão diferente! ... ai gente! Têm autorização para me dar um tiro!... Caramba! Nunca consigo estar satisfeita. Não houve 1 só dia em que não tivesse pensado neste assunto. Esta foto é das férias com as amigas - em Agosto. Quando cheguei andava à volta dos 56.5. A foto posterior, é de Cabo Verde, supostamente com 55, e já assim a sentir-me mal na altura. Agora, olhando para trás digo: nessa altura estava perfeita! Como é que é possível se, também nessa altura me sentia mal!? ... Daqui a um mês vou estar a dizer que "há um mês atrás é que estava bem"... vou ali desmaiar 5 minutos e já volto.




terça-feira, 6 de setembro de 2011

O quê que querem, afinal?

Sim, é isso! O quê que os pais esperam afinal dos filhos?!
Começa a ser frequente ver que, aquele cujos filhos são disciplinados e cumpridores, vivem numa insatisfação completa! Já os que consomem drogas, fazem asneiras, andam com uns e outros, são sistemáticamente protegidos pelos progenitores! É que não há paciência!
Helloooooo eu já tenho 26 anos!! Está alguém aí?!...

Eu sei que já devíamos estar casadas, a trabalhar à frente de uma caixa de hipermercado e a viver ao lado de um qualquer homem, desde que "honesto e trabalhador"...pois sim, hum hum...

Mas não estamos! Não estamos casadas, não temos filhos e também não temos emprego. No entanto, não temos maus vicios, não vos decepcionamos ao ponto de reprovar nem fazer figuras menos dignas!

E é sistematico: nunca estão contentes com nada! ... e comem tudo o que lhes dão! Cada crítica, cada observação...estou tão farta que teçam comentários sobre a minha pessoal aos meus pais!
Porque não me vêm dizer a mim?!...Ou melhor! Porque não lhe tecem elgogios? Porque não argumentam eles acerca da minha licenciatura, do meu estágio, do meu trabalho, da entrada no mestrado?!...força!! Estão à vontade! Quando falarem de mim, que falem pelo todo!...


segunda-feira, 5 de setembro de 2011

...vem cá de dentro

Olá malta,

Tal como muitos de vocês, li todos os comentários/opiniões dos colegas. Estou assustada. Tenho cerca de dois anos de serviço - sou uma miúda à vossa beira - mas são dois anos conquistados com muito suor, muitos quilometros, em algumas situações a pagar para trabalhar e, no final, a ver a contagem de tempo de serviço a ser injusta! (refiro-me às AECs onde 1ano de lecionação - 15h semanais sem 1 única falta, a 100km de casa [porque não tenho cunha para a minha vila/cidade] me contou 75 DIAS)...

Depois disso passei pelo Apoio, pelo Português noturno... e só há dois anos tive a minha turma! Finalmente uma colocação - após anos de estudo,meses de lecionação e alguns "aos caídos" na busca do tempo de serviço! Encarei a colocação como uma DÁDIVA - fiz tudo por aqueles miúdos, sempre de coração aberto!! Enquanto via colegas simplesmente a borrifarem-se...
O ano passado já não fiqui colocada. Este ano estou na luta! Um concurso a nível nacional, com todos os horários temporários! (se não for desta, não é mais) - Confesso que tinha/tenho esperança - mas de dia para dia as notícias agravam-se!

Ler a notícia das DREs é mais um motivo para perder a esperança - é ver, em muitos casos, pessoal que esteve anos sem lecionar, a voltar à escola...sem ânimo, sem vontade, sem prática!

Só para terminar [e espero que não me crucifiquem]:
Não consigo conceber a ideia de a avaliação estar "reservada" aos contratados...para mim todos o deviam ser, e especialmente a partir do topo, daquilo a que nós chamamos de "lugares adquiridos"- se há colegas que, mesmo com trinta anos de luta continuam a dar o seu melhor DIARIAMENTE, muitos há que somente vão à escola "assinar o livro de ponto"...

Opiniões são isso mesmo. Esta é a minha visão e o meu sentir do atual estado das coisas...

Um abraço a todos*
Setembro 05, 2011 11:19 AM

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

-.-'

Em minha casa, com o meu vizinho de 5 anos:

- Miguel, não comes mais sopa?
- Não estava tão boa como eu pensava...

...ok, eu me confesso! A cozinha não é o meu forte!

quinta-feira, 1 de setembro de 2011