Livro de Ponto

...Soma e Segue...

sábado, 17 de setembro de 2011

Da vida de solteira [e boa miúda]

Já disse que continuo solteira e boa rapariga. Se sinto falta de ter um namorado? Não. Não porque mantenho com todos os meus amigos uma excelente relação, que não me priva de absolutamente nada, nada do que gosto de fazer. Somente não possuo contato físico com alguem - o que pode ser aparentemente chato, frustrante...tem dias.
Já me encontro nesta condição há algum tempo - tempo suficiente para saber que não me satisfaz ter alguem por ter, porque sim, porque é tão bom ter alguem. Não me convence. Namorar, para mim, implica muito mais. É da partilha que falo, mas também o é da convivência diária, dos laços infimos que se criam e se querem à viva força manter.
Talvez seja este estado incompleto a nível profissional que me faz colocar a vida sentimental [um pouco] à parte, um pouco à margem, que a deixa assim, neste lume brando.

Sou esquisita. Sim. Não. Não sei. Sou exigente?...também não sei se é essa a palavra. Só peço de volta o que dou, não mais, não menos. Só exijo  sinceridade, honestidade. Não suporto cobardes. Não mantenho maus-carateres. Não procuro um modelo, nem um milionário. [hahaha e agora este último parágrafo parece um anúncio de jornal sentimental]

Não sei por quanto tempo manter-me-ei assim. Também não estou [hoje] minimamente preocupada com o assunto. Escrevi sobre o mesmo porque me perdi pelos blogues que sigo, pelas músicas que ouço e, como nos primeiros estavam alguns homens elogiados, como fui escutar Tarkan...recordei-me de uma passagem de vida...[que hoje desejava não ter tido...]



Se de facto este post vos parecer um anúncio, este é o único candidato aceite.


4 comentários:

PR disse...

Para mim a VERDADE nos actos, nos sentimentos e nas palavra é a única coisa que peço numa relação.

Entendo-te e acredita que não há principes encantados.

No alto dos meus 31 anos digo-te: o amor pode estar na porta ao lado, só não o vemos, e para ter uma relação só porque sim ou só porque os meus amigos têm alguém, não vale a pena.

Diverte-te, vive o momento, curte a vida...

ELE há-de aparecer...

beijo enorme de quem te entende

Feliz disse...

PR - fico feliz e sinto que o que escreves é sincero. Dá para sentir que também sentes o que tentei expôr - há coisas que são muito "nossas"...
Oxalá seja amanhã, segunda, um bom dia. Um dia feliz! ;)

Beijao**

Paulo Nunes disse...

Amiga, se andas à procura de tipos como dessa foto.. esquece lá isso! haha!
Agora a sério! eu percebo-te como percebo muitos outros casos semelhantes ao teu! É dificil encontrar alguem que seja um pouco a nossa alma gemea! que queira algo serio e que seja duradouro. tudo é uma seca... tudo quer fugir a responsabilidades e são todos muito apressados. tão apressados que quando se apaixonam, não conseguem ver que a outra pessoa não é a pessoa ideal para ela/ele. Sempre tive olhinhos para estes casos e raramente me enganei ou tive duvidas! muitos riram-se de mim na altura... agora choram! e ate uma pessoa me disse "como é que consegues?" ficava aqui o dia todo a explicar!
Ele há de aparecer.... mas procura em locais sem ser os habituais, procura fora do teu grupo de habituais amigos, e estabelece o que é o pilar de uma relação! cada pilar é aquilo que o homem tem de ter/fazer para que a casa não caia! não olhes a beleza nem a charmes, apesar de hoje em dia ser dificil. claro que há limites :) mas chatisses, discussoes todos temos... mas isso não deita tudo abaixo. Ha muita coisa para dizer.. mas não te quero maçar mais :)
Olha... já sei.. escreve ao Pai Natal!! talvez ele ajude :)))

Feliz disse...

Aiii Paulo...nem sei que dizer! Mas sim tens razão! ;) Eu concordo contigo - e não ando à procura! Mas agora vou pensar menos no assunto! ;)

beijao*