Livro de Ponto

...Soma e Segue...

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011



Ok, seria muito feio da minha parte não partilhar com os que seguem o blog o que se tem passado. No fundo justificar uma certa ausência e também a "tal tristeza" acumulada.
Todos sabem que eu adoro, amo, dar aulas - ser professora é a minha paixão à qual me dedico por inteiro, de corpo e alma. É pelo amor à profissão que faço os cerca de 300km...e foi por amor que me dispus a tal.
Mas também todos sabem o quanto eu amo a minha família, como gosto de estar em casa, como prezo a próximidade das minhas amigas e...inevitavelmente, a falta que me faz o meu Lab, a minha casa.

Confesso que, tal como aconteceu há 3anos atrás, os meus primeiros quilómetros são feitos entre lágrimas e mensagens de boa semana àqueles que deixo lá em cima e com os quais, a maior parte das vezes, não pude sequer estar um bocadinho ao fim de semana...Chegando "cá a baixo", entrando na sala de aula, esse sentimento desvanece e toda eu sou energia! À noite, quando regresso a casa, o cenário repete-se. É a solidão.

A par com esta situação, aumentei, como já há uns tempos referi, o peso. Pouco. Eu sei - sou consciente para o ver. Muitos são os que ainda me consideram magra. Mas todos sabem que já estive mais e, eu sei que já me senti melhor. Tem sido obsessivo. Doentio. Admito. Preenche-me por completo todos os momentos "vazios". É o pesar de consciência. É a falta da minha passadeira, da minha elíptica, das minhas caminhadas com o Lab. É tudo isto. E é por tudo isto também que não tenho escrito. Tenho vergonha de admitir tantas fragilidades ao mesmo tempo...

Depois vem a culpa. Por não estar a dar mais de mim no mestrado. "Tanto dinheiro investido"...mas não tenho tido vontade de pegar em nada. Trabalhos que sei que têm de ser feitos e que ainda nem estão pensados...O remorso por ter deixado a balança subir...
E a incerteza do futuro. Se por um lado me faz feliz saber que dentro em breve volto "para cima"- dada a interrupção do Natal e finalização do contrato, - por outro sei que vou ficar novamente desempregada...(daquilo que amo fazer)...

Com tudo isto - que são ninharias, mas que me têm absorvido por completo - ainda não fiz a árvore de Natal e...(cabisbaixa), pondero nem a fazer. Espero que os "ares" me inspirem quando estiver por casa...É triste. tantos sonhos que desmoronam à conta da minha má organização de ideias, de ideais, de ideologias...

Pronto. É isto. Estou desiludida comigo. Quero dar a volta por cima, sei que vou dar, só ainda não encontrei o ponto de partida. Mas vou encontrar. Não sei se já tinha dito...mas não estou habituada a falhar (à excepção do campo sentimental).

PS. Não sei se é para rir ou não, mas (outra coisa que me ajudou a "descompensar") fiquei com as duas máquinas (lavar roupa e louça) avariadas em simultâneo, com avarias idiotas e de difícil resolução (já para não falar dos custos), o que ajudou a sentir-me frustrada e culpada por ter de recorrer à "lavandaria mamã"...(e choro, porque me custa sobrecarregá-la...)

PPS. Também não sei se contribui ou não no meu estado de espírito o facto de a minha ruiva linda (irmã de sangue) vir morar para Cascais...(dói-me o coração e os olhos ficaram agora rasos de lágrimas...estranho)...

Tudo isto é triste, tudo isto existe...tudo isto é (o meu) fado (destino).



4 comentários:

Nhammi disse...

Ânimo, melores dias virão!! :)
Quando voltares pa cima estamos cá pra te receber...:)

bijinhooo ***

(AC - agora nhammi :P )

Feliz disse...

Mas que bem! Até parece que tem a haver com os teus dotes culinários! :P quem diria!!:D obrigada, de coraçao!

tiago disse...

Na semana que vem quero um post com uma foto da tua árvore de natal, certo?
São dias sombrios que andam por esse lado mas que acabam por passar. Já estou como Nhammi. Quando chegares cá cima e estiveres com a familia, amigos e depois de uma noitada no kool pareces outra:D
Animo amiga

Feliz disse...

Não prometo a parte da arvore de Natal! Vou lá cima num instantinho para cantar os parabéns à minha avó e à minha irmã!:D