Livro de Ponto

...Soma e Segue...

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Dar que falar ao povo

Eu sou assim minha gente! Quando estou bem, ninguém me pára! Sou a miúda mais radiante, bem disposta e louca que vocês possam imaginar! Louca o suficiente para pegar na motinha dele e ir dar uma voltaaaaaa! Sim, sim! Louca o suficiente para a deixar ir a baixo e, para retomar a marcha, ter de me agarrar a uma oliveira! Hahaha! E tão louca quanto baste que dá até para passar por uma série de rapazes, entre eles o marido de uma das minhas damas de honor, e ter de pedir socorro para passar (no meio das terras de cultivo) com a mota! Hahaha! Isto tudo acontece depois de quinhentas tentativas de a tentar pôr a trabalhar (onde até consegui um rátér) e a minha mãe me disse: Ah isso é só para meninos!!

Ai meninas! Subiu-me uma esgana! E siga! De pé na moto, segurei-me à parede e...brummm!! A partir daí foi sempre a dar-lhe! Yeah!

Reação do noivo?!

Não foste para alcatrão, pois não?!
Nã, claro que não! ;)

7 comentários:

Paulo Nunes disse...

Huuuu temos uma motokeira de marte!! :)
Olha lá...quantas árvores derrubaste até a mota ficar parada? :P

Feliz disse...

Nenhuma! Foi brutal! ;) Ainda dei uma volta bem grandinha! Confesso que estou fã! :D ( ela é, é um bocadinho grande e pesada, de resto, impecável!!)

tiago disse...

Realmente és uma mulher de armas carago. E conseguires pôr a moto a trabalhar, vai lá vai. Não conheço essa moto mas uma moto de mato, motocross, geralmente para deixar a trabalhar os rapazes têm de se levantar para dar ao kik, o que fará tu. Estou admirado:D
O deixares ir a baixo é normal, é tipico das mulheres. Motos, carros, etc etc....
lalalalalalala
:D
O noivo deixou mas ficou com o coração na mão ahahahhahahah
:D

tiago disse...

Ia eu hoje de manhã para o trabalho e por acaso lembrei-me deste post. Hoje foi um daqueles dias em que pensei um pouco de tudo...
Á uns tempos atrás, anos, via eu os morangos com açucar. Lembro-me naquela altura de na série que estava a passar da Claudia Vieira, ter uma moto destas e fazer corridas. Num dos treinos na pista conheceu o seu namorado( que na vida real é o seu marido por sinal). Lembro-me de ela ganhar-lhe muitas ou a maior parte das vezes. Qualquer dia és tu que dás baile ao teu namorado/noivo ahahahahah

Feliz disse...

E essa atris por acaso, na novela, chamava-se "Ana Luísa" ;)

tiago disse...

Sim. não me digas que és Ana Luisa?!!!!
Ahahahahah

Não tem haver com este post mas...quer dizer que o blogg tem os dias contados, não?!!!

Feliz disse...

Nao!!! O blog tem que tem pelo menos 5 anos de duração!!
nao te esqueças! feliz aos 30!
comecei aos 25
ainda faltam mais 3 anos!!! :D