Livro de Ponto

...Soma e Segue...

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Como é bom estar em casa

Nota introdutória: estar em casa, mas com trabalho!

http://chrisvaliceli.blogspot.pt/
Gosto muito de estar em casa! Não sou fã das lides domésticas, mas confesso que é com elas que ocupo todas as manhãs e, a bem da verdade, sem grande esforço!
Tenho pensado bem nas questões financeiras. E talvez por isso saboreio cada vez mais a minha casa. Isto porque também não sei quanto tempo mais aqui vou permanecer. Perante a conjuntura atual, existe a forte possibilidade de pegar na trouxa e voltar para casa dos pais. Afinal, já é lá que faço as refeições (embora seja essencialmente pela companhia) e aqui praticamente venha dormir. Mas custa pensar nessa possibilidade. Tratar-se-ia de um retrocesso na minha vida - não o vejo como "uma vergonha". Já vivo aqui há quase três anos e constato que, ao contrário do que seria expectável, a vida retrocedeu! No que respeita ao trabalho é completamente hilariante pensar que há 4 anos fiquei colocada com 72dias de serviço ao lado de casa! E hoje em dia não existe sequer previsão de colocação!
Ora, tudo isso faz repensar o futuro e ter medo dele! Se por hora estou por minha conta, quando vier uma criança as coisas mudam de figura! E é muito assustador pensar que temos de adiar os projetos pessoais, como ter filhos. 

8 comentários:

Denni disse...

Oi Cris.. eu adoro sair mas estar em casa é delicioso.. é nosso cantinho né? beijos
http://meuemagrecimentoreal.blogspot.com.br

P.s- já estou seguindo o blog.

S* disse...

Infelizmente a vida pode sofrer um revés... e adiar sonhos é doloroso.

Especialmente Gaspas disse...

Cada vez mais os filhos ficam lá no fundo da lista! Melhores dias virão... há que creditar!

Bethynha disse...

oieee
acho que voltar a casa dos pais não é vergonha nenhuma não..Hj em dia esta tudo mto dificil, temos que dar o passo conforme da ne..faz parte
bjos e boa quarta

tiago disse...

Se tu já saiste de casa dos pais À quase três anos eu ainda não sai. Não sai porque...olha como se costuna dizer, em casa dos pais...e quando comecei a pensar...pedem tanta coisa e para mais agora o pais está como está. Mais dificil para tudo, então para comprar casa...:(
Acho que no teu caso, vai custar o primeiro ano, enqunato não te conhecem. Quando começares a trabalhar e a conhecerem o teu trabalho tenho a certeza que vais ter muitos alunos

Paulo Nunes disse...

Não é vergonha nenhuma! existem muitos casos assim! se antigamente isso poderia ser vergonha, agora hoje em dia todos irão perceber.
Agora adiar os projectos pessoais tb custa! eu não adiei! já vem o 2º a caminho!obvio que tenho apoio e pessoas que podem ajudar caso haja necessidade!
beijokas

Wendy disse...

Não tens que te sentir envergonhada porque estás a agir por necessidade. Não tens culpa que o teu país não te ofereça condições para seres independente. É chato, muito aborrecido mas hás-de dar a volta por cima. Agora tens muito tempo para pensar em alternativas. Força!

Feliz disse...

Pessoal!
Eu não tenho vergonha, só fico triste, pois vejo que ao invés de andar para a frente, andamos para trás! Ou seja: não evoluímos!