Livro de Ponto

...Soma e Segue...

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Rasgos de Felicidade

http://mycheesecakediaries.blogspot.pt/2011_02_01_archive.html
Hoje estive com uma grande amiga a escolher alguns dos cânticos para a cerimónia do casamento (assunto acerca do qual falarei noutro post). Ela perguntou-me por várias vezes se não estou feliz, eufórica, ansiosa, e por aí fora. As respostas que lhe consegui dar foram sempre na áurea do "acho que sim", "penso que estou". Não consegui e não consigo ser objetiva naquilo que sinto. Eu sei que parece estranho. Mas nunca me consegui centrar num determinado aspeto, por mais excecional que ele fosse, se noutros (igualmente importantes) não estou, pelo menos, estável.
Não vou estar aqui com lamurias, até porque não sou disso e sei que de nada valem. Trata-se de um sofrimento latente, mas que só o tempo trará cura. Não estar a trabalhar em sala e ter ainda pouca certeza acerca daquilo que o "negócio próprio" pode trazer é algo que me angustia muito. Fica uma sensação indescritível de quem quer muito dar o seu melhor, mas não sabe muito bem por onde começar.
Perante as vicissitudes da vida ficamos mais fortes.
eu até acredito nessa frase. E faz todo o sentido que assim seja. Mas são vicissitudes a mais na vida de pessoas como eu, que vivem na incerteza de um trabalho efetivo. É como se estivessemos sempre debaixo de uma chuva que não molha. Não temos muito trabalho na área, mas vamos tendo. A grande questão que se coloca aqui é quando é que está na altura de "saltar fora"? Porque reparem: aos quarenta, se se fica sem trabalho, à partida não se muda de área. Mas ainda não tendo os trinta...será que ainda vale a pena "ficar à espera" por dias melhores? Ou será que se deve partir para outro rumo?

1 comentário:

*C*inderela disse...

Quando o meu antigo trabalho já não estava a dar quase nada eu arrisquei e sai de lá. Mal por mal ficava em casa e não tinha tantas dores de cabeça como lá. Arregacei mangas e em pouco tempo encontrei solução para o meu problema, não dentro da área mas em algo que gosto muito à mesma.
Se não arriscarmos agora ...

Boa sorte*