Livro de Ponto

...Soma e Segue...

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Das coisas da profissão...

Porque é uma coisa que amo, e porque às vezes não sabemos o que escolher...procuro em Ti uma resposta...uma ajuda...


Ao passar a vida, eu sei,
que nem tudo vai ser, como sonhei.
Ter caminho p'ra fazer,
e um plano, sem saber, ser "Mais alguém".
E vais ver, vais sentir, não precisas desistir,
quando a vida te pára e diz "Não!"
Pois eu estou junto a ti, dou-te a força que há em mim,
tu és mais do que "um só", somos um.
Posso ser igual a mim,
ou terei de desistir de ser assim?
Confiar no coração?
Ou no plano que Deus tem para mim?
Mesmo os que aqui não estão, de ti esperam, com razão,
teu rumo tu estás a traçar.
Seres alguém, seres feliz, porque alguém assim o quis.
Seres um "mais" para ti, somos um!
(Somos Um - grupo das Terças)




A prova dos professores...

Já há muito que não passava por aqui. Aguardava o momento da apresentação da dissertação...aguardava ter algo verdadeiramente porreiro para vir aqui escrever...
Mas não, não aconteceu nada de bestial e a razão que me trouxe aqui hoje é um desabafo pessoal que quero que fique neste "diário" para mais tarde recordar...

A prova. A prova que supostamente deveria fazer.

Tenho vindo a pensar, a conversar com colegas de profissão...a refletir imenso sobre isto. Não queria dizer um não porque sou do contra e isso basta-me. Não, não é nada disso. Sou a favor, a favor de tudo o que possa melhorar o ensino, tudo o que possa fazer dos nossos miúdos, miúdos felizes e mais capazes de brilhar nas suas futuras profissões. 

No entanto, não concordo com a sua fundamentação. Já muitos colegas escreveram aquilo que eu também penso a respeito:

- entrei no ensino superior, fiz o curso e os estágios com boa média;
- fui sempre avaliada na avaliação de desempenho* com menções de bom ou muito bom (conforme as cotas);
- cumpri o primeiro ano de mestrado igualmente com boa média e estou a um passo para o concluir.
- pelo caminho fiz formação em várias áreas, desde as dificuldades de aprendizagem ao ensino do inglês...

Nada disto parece ser suficiente para confirmar que estou apta a lecionar. É necessário agora realizar uma prova que, esta sim, virá passar o atestado de competência tão proclamado pelo mec...

Ontem saiu o exemplar daquilo que nos é pedido. E não me vou rir, nem fazer ironia com aquilo que me mete nojo. Óbvio que haverá quem diga: mas qual é o vosso problema? O problema é que isto (mais uma vez) não vai certificar nada! Mas será que está tudo doido? Ando eu a fazer formação na minha área, a investir rios de dinheiro para garantir que adquiro competências úteis ao meu desempenho e apresentam-nos isto? É assim que o mec vai saber quem são os bons professores?

Por favor, opinião pública que tanto nos crucifica, leiam e digam se isto era a prova que aplicariam a um docente! Se a aprovação nisto vos daria a certeza de que sim senhor, este professor é competente

-----

E eu que cheguei a colocar ali ao lado umas coisitas para (re)ler de psicologia, modelos pedagógicos atuais, lei de bases do sistema educativo, programas e metas de aprendizagem, resultados de pisa ... 


* quando a avaliação de desempenho docente  (add) foi aprovada nos moldes em que efetivamente se veio a concretizar muitas vozes se insurgiram: porque quem não deve, não teme; porque isto sim vai fazer a triagem dos professores que são efetivamente bons...e mais um par de botas. Agora todos são unânimes que a add não serviu para nada mais que nos dar trabalho e criar alguns atritos em algumas escolas entre colegas. Não veio provar nada no que concerne à qualidade dos professores.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Quase Mestre!

"Gostei do seu trabalho."

E posto isto foi imprimir, encadernar e amanhã estará entregue!

E depois o pensamento foi: volta verão! Volta!

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Sou a informar que a dissertação está entregue! É apenas o primeiro documento, sujeito a mil reparos do orientador! Mas foi mais uma etapa cumprida! 
Dos sentimentos:
Não senti que fosse muito difícil (ao contrário do que praticamente toda a gente diz) o que me fez pensar várias vezes que (talvez por isso) não estivesse grande coisa: tamanho do esforço sentido = qualidade do trabalho.
Também não achei que desse muito trabalho. Leva muito tempo, arrasta-se por meses e meses e isso é verdadeiramente aborrecido! Não podemos ficar a "ouriçar" (obrigada Ratxes pela recordação da deliciosa expressão) porque sabemos que há sempre, sempre algo que podemos melhorar!

E pronto. Agora aguardo o feedback do professor...um pouco a medo...e se ele diz: esqueça! Nem para o ano da seca isto estaria bom! Me-do.
http://operdigueiro.blogspot.pt

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Comprimidos para a Alma

Digam o que disserem, mas que resulta bem melhor que qualquer comprimido, ai isso resulta. Ousaria até a colocar no mesmo nível da terapia!

Isto para quem anda com os nervos à flor da pele...a cinco dias de entrega da dissertação!

A novidade de hoje? Tenho cartão cliente Hussel!


domingo, 6 de outubro de 2013

O ex


Eu sou do tempo em que o 5 de outubro era feriado nacional. Isto antes, claro esta, de se gastarem milhões na celebração do centenário da republica, fazendo nos crer que sim senhora, era uma data importante e que deveria ser celebrada condignamente.

Mas numa altura em que tudo parece instantâneo, em que o sentido irrevogável tal qual o conhecíamos nada mais e que mutável...de que importa preservar o passado? 

No que me toca,
A extinção da data esta intimamente ligada a situação politica nacional...republica? Qual republica?



Editado:

Depois do que escrevi fiz uma associação entre a extinção do 5 de outubro e o dia do professor...estarão relacionados com a extinção de uma classe profissional?

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

No caminho certo

Hoje sou uma pessoa [ainda] melhor!

Fui dar sangue e inscrever-me como dadora de medula óssea!

Tão pouco para nos sentirmos bem!

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Comunidades

Não há nada mais vazio do que o sentimento de não pertença:
"Não pertenço a nada" 
É como se faltasse algo para que a vida fizesse (mais) sentido.

Sempre quis pertencer aos escuteiros. Mas infelizmente não me foi dada autorização quando era mais nova. Agora já sinto que é tarde para retomar sonhos tão antigos. E por isso resolvi aceitar convites mais recentes.

Na passada semana fomos conhecer a comunidade Alpha. Gostei. 

Este fim de semana vamos regressar ao cpm.

Na sequência do que havia escrito anteriormente, há necessidade de estar rodeada apenas do que faz sentir bem. Apenas do que faz sentido. Recordei-me da célebre passagem do principezinho: 

"- (...) eu procuro amigos. Que quer dizer cativar?
- É uma coisa muito esquecida. Significa criar laços."

É isso.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Da hipocrisia

Teste 1...Teste 2 [primeiro post via tlm]

Dar cinquenta centimos aos arrumadores de carros, ou mesmo um euro, é na boa.
Agora arredondar quase um euro numa conta de um hipermercado...isso já é de mais. Isso é armar-se em Madre Teresa.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Voltar atrás

http://vounessadirecao.blogspot.pt
Depois da decisão de fechar o blog, de o restringir a algumas visitas moderadas...houve quem me falasse que o sentido é tê-lo aberto até aos trinta, pois era esse o objetivo inicial. Que havia quem me acompanhasse para comprovar se, de facto, aos trinta é que é, e que tinha dado a sensação que por ter casado julgava cumprida a minha missão.
Ora, não é nada disso.
De facto a minha vida faz muito mais sentido desde que alcancei algumas metas (pessoais e profissionais), mas não só porque me casei. 
Eu penso e lembro-me de imensas coisas para aqui escrever, mas depois...
A verdade é que houve um crescimento pessoal. Uma forma de estar e de ver a vida diferente. De me querer rodear apenas e somente das coisas (e pessoas) que me fazem bem e deixar de lado (o mais de lado possível) tudo o que me magoa, me desilude...me faz infeliz.
A vida faz sentido, mas num sentido diferente. Há agora menos juízos, menos dedo apontado. Porque não expondo, não partilhando, vivo uma vida mais minha.

Não estou com isto a querer dizer que vim reabrir o blog para o encher com chouriços. Não é nada disso. Mas vim fazer o mea culpa de que talvez tenha sido infundado o seu fecho.

Cá estamos, novamente.Vamos tentar reanimar a vida aqui, no último ano e meio que falta para cumprir os cinco!

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Alterações

Há uma altura na vida em que já não queremos expor ao mundo o que se passa connosco. Há várias razões e inúmeras justificações que não adianta estar aqui a enumerar. 
Por isso, e outras coisas mais, este blog, que tem de durar pelo menos mais ano e meio, chegando aos trinta, vai passar a ser "reservado". Ao pessoal amigo, que pretenda continuar a seguir, enviem email para o endereço do mesmo.

Mil beijinhos*

terça-feira, 2 de julho de 2013

Por um canudo

E passados seis anos da conclusão do curso, eis o meu canudo!
já não entrava na ESE há imenso tempo! Bateu saudade, sim, mas não daquela que puxa a lágrima. Foram momentos bons, muito bons alguns deles, que marcaram um período de vida, mas com o qual já não me revejo atualmente...
Nunca manifestei grande apreço pelos estudos, por sorte não precisava de marrar muito para tirar resultados satisfatórios! Sou muito mais feliz, sinto-me muito mais realizada no mundo laboral: a lufa, lufa do dia a dia é muito mais para mim que o ciclo de estudo! Talvez por isso não tenha por objetivo de vida prosseguir estudos! Pretendo concluir o mestrado (já só falta escrever!), mas posto isso, dedicar me ainda mais ao trabalho, à dinâmica de sala, à interação professor-aluno! Aí sim, é a minha praia! 

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Me & 500


Ora temos popó novo! Não podendo (ainda) alcançar o série um, avançámos para o segundo mais lindo do universo, dentro em breve, O mais lindo! Desde a altura em que me bateram no piqueno Zé que fiquei muito encantada! Depois foi convencer o marido, fácil, fácil, voilá fomos buscá-lo no sábado!


Humm...inevitavelmente lembro-me muitas vezes do acidente...depois tento afastar o pensamento e focar-me nas coisas boas! É isso, coisas boas!

Bem, por cá as novidades são mais ao menos estas! Assim, num ambiente pacífico, agradável e quente! Talvez agora recupere o blog e a escrita mais frequente! Planos para o verão? Humm como não teremos férias, somos capazes de ficar por uns fins de semana prolongados, umas idas à pool com amigos, uns gelados (a saga magnum 5 kisses) e pronto! Sou feliz assim, sou! :D


sexta-feira, 21 de junho de 2013

Réplica do Bouquet

Ora, já está pronta a réplica do meu bouquet! Produzida por Pedacinhos de Afecto! Descubram o real e a cópia!



quinta-feira, 20 de junho de 2013

"Tu é que curtes!"

E neste caso quem "curte" são os bombeiros daqui do sítio que sempre que saem do posto têm de fazer um chiqueiro descomunal, mesmo que as estradas estejam "limpas"... não sei se há alguma lei que regulamenta o uso das sirenes...mas a minha lei do bom senso diz me que é muita palhaçada e falta de profissionalismo junta. (não teria sido por acaso que uma ambulância capotou aqui em frente...)

É como se vivessem na cidade lego!

Antes das pedras:
Admiro imenso o trabalho dos bombeiros voluntários, considerando-os fundamentais na comunidade.

terça-feira, 21 de maio de 2013

É isto, sem um 0

Celebrando as 50 mil visitas! 
Em cenário de festa, claro!


Perguntinha aos Casados:

Durante quanto tempo chamaram ao vosso marido/à vossa esposa "namorado/namorada"?
Não está fácil encaixar este novo estado civil! (na oralidade!)

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Continuação...

(passados mais de 30 dias...oh que vergonha!)

Estava eu na parte da saída da igreja!

Depois entrámos no Classico Mercedes Azulinho e a pedido dos fotógrafos viemos até casa dos meus pais para tirar mais umas fotografias, os dois, e o meu Lab! As fotos estão um estrondo! Diga-se que onde ele aparece brilha muito mais que qualquer um de nós!
Depois de alguns registos, fomos ter com os convidados à quinta! Fizemos a abertura da sala, que estava decorada em tons de rosa, cinza e branco! As flores das mesas eram hortênsias rosa e brancas, com castiçais em vidro. (muito simples, mesmo!)
A refeição foi agradável (sim, ainda comemos qualquer coisa!), até ao momento em que o chefe de sala nos veio dizer que tínhamos dado 18 pessoas a mais...caiu-nos tudo! (eu já fazia contas de cabeça!) Mas afinal não, não era nada disso: somente um erro de português! Temos 18 pessoas a mais! O que (para quem já casou) faz toda a diferença!
Bem, seguiu-se o contacto com os convidados! Adorei! Não senti, em momento algum, que estava a fazer um frete! Diverti-me imenso! Além de que nesses dias as pessoas deixam guardadas palavras especiais que proferem nesse momento! É lindo de mais!

De tarde ainda fizemos mais uma sessão de fotografia! Corri, dancei e pulei como borboleta! Sim, sim, nos sapatitos cor de rosa! Tirámos as fotos com os convidados (às quais ainda não tivemos acesso) e fizemos o corte do bolo!
Bem, que momento! 
Eu tinha insistido para que a mesa ficasse em cima da relva...mas o chefe tinha avisado que estaria "atolante"..."não, eu já lá andei em cima!" 
Chegada a hora...aquilo atolava mesmo, pelo que teve de se tirar a mesa, para outro local! Eis senão quando, começa a chover! (sim, tipo filme: passa uma tarde bacana e ao momento do corte do bolo, água!) Bem, foi lindo! Ao som do Bruno Mars, e com chuva! Foi a despachar a coisa! Nada dos copinhos e talheres traçados!
Regressámos ao interior, e foi a adrenalina!
Havíamos preparado uma surpresa para os convidados! Uma dança! Tivemos aulas e tudo! O maridão surpreendeu-me imenso! (se bem que os professores foram extraordinários!) A dança pressupunha a troca de roupa e o uso de um baton mais rosa! Bem, subi com a mãe e irmã para testar o tempo de demora entre troca de vestidos...mas, "às páginas tantas"...não me conseguiam desapertar o vestido! "isto não dá! as casas dos botões são demasiado pequenas!" "isto só cortando os botões"...
Cortar?! Cortar?! Não!
"então tens de esquecer a dança!"...fiquei, ficámos, arrasados! Ainda tentámos, em vão, dançar com o vestido de noiva, mas era impossível. Lembrei-me: um garfo! Um garfo! 
Desci escadas, peguei num garfo e fui chamar a Bailarina e a Cleopatra. Elas foram comigo ao quartinho e fizemos o teste com um botão: abrir - ok; fechar - ok! Siga!
Lá troquei de roupa, passei o baton e fomos dançar! (uma surpresa para os nossos amigos! até porque a coreografia - sem que os professores conhecessem a nossa história - era uma réplica do sucedido entre nós)
Correu muito bem! Focámo-nos um no outro e não falhamos os passos! (nos ensaios eu era a verdadeira nódoa!) Foi mais um momento...fantástico!
Posto isto, toca de trocar novamente de roupa! E vir "correndo" para fazer a abertura do "pôr do sol"!
Ainda me lembro de comer um morango!
Bem, o dia ia longo e alguns convidados foram saindo: momento para entregar as lembranças: amêndoas de açúcar (tradicionais) - afinal, fim de semana seguinte era Páscoa!
A noite terminou cerca das 2h30 :) toca de "enfiar" o vestido no carro e abalar até casa. Chegados à porta: "tens chave? - não, está em casa dos pais. e tu? - também ficou em casa dos meus"... toca de "enfiar" o vestido novamente no carro e ir até casa dos pais pegar as chaves. Chegámos e pergunta a minha mãe: não querem cá dormir? E nós..."hum hum" de tão cansados que estávamos!!

Digo-vos meus amigos...noite de nupcias é mito! 

[ps: partilho isto aqui porque queria ter o "diário" daquele que considero ter sido o dia mais bonito da minha vida, até hoje. não sei por quanto tempo manterei o blog...o desafio é até aos trinta...vou esforçar-me para cumpri-lo!]


domingo, 7 de abril de 2013

Casamento, o resumo!

Pessoal!

Casei mas não desapareci! Havia prometido novidades e aqui estou eu para fazer o relato!
Foi um dia lindo! Por mim casava-me mais vezes! 
Como estava extraordinariamente calma, saboreei cada bocadinho, cada pedacinho de miminho!

A começar a minha irmã, ainda não eram 6 horas, salta-me para cima da cama e diz: hoje é o teu dia!
Siga! Vestir algo prático, beber um leite a correr e dirigir até ao cabeleireiro! Foram...2.30h! Uou! 
Chegar a casa e ter a Xana preparada para me maquilhar! Fantástico! Recordo-me ainda que estava tão cheia de sede! E a minha irmã não me deixou beber água, porque "não vais conseguir ir à casa de banho!" 1

Chegam os fotógrafos! "Então ainda assim?!" Relax! Umas fotos,  na maquilhagem, outras ao vestido, biju e essas coisas de noiva, esticadas na cama!
Toca a vestir! Num apice, à exceção do aperto dos botões! Que desatino! As casas eram muito pequeninas o que fez levar algum tempo! Enfiar o sapateco, colocar o véu e sigaaaa para mais fotos!

Tirei poucas antes da cerimónia, mas no worries! Pacífico! Algumas das damas foram até lá a casa e ainda dei uma corridinha para chamar o pai, que não arrancava com o popó! (sim, correr!)

Entrar no carro, enfiar o vestido lá dentro! Uma aventura! Ir até à igreja!
O noivo já lá estava! Ia fazer a sua entrada! Ao som de um instrumental (escolhido 100% por ele!) que eu, dentro do carro, sentada, mas de porta aberta, ouvi ao longe! 
As pessoas passavam! "Olha a noiva!" E eu, qual princesa, acenava! Até que chega o meu momento de entrada, de braço dado com o meu pai! A minha música de eleição era esta, mas não funcionou! A troca foi rápida! Afinal, magia é magia! Lembrei-me, à entrada da igreja, de avançar com o pé direito! Sorri altar a cima! Cumprimentei amigos, familiares, conhecidos...e cheguei lá cima!

Deu-se início à cerimónia! Foi muito bonita! O senhor padre, convidado a celebrar a nossa missa (por não ser aquela a sua paróquia) foi exímio no seu discurso! Foram sinceras as leituras escolhidas, foram sinceras as amigas que as leram! Foi muito bonito!

Finda a cerimónia, fomos assinar a documentação! "Nunca vi tanta gente a assinar!" - nós somos assim! Eram seis padrinhos! Mas só assim faria sentido!
Saindo da sacristia, mil e uma fotografias!

Entretanto, para a saída da igreja, já tínhamos o brinde preparado! (pedi encarecidamente que trocassem o espumante por uma amarguinha! ;) e assim foi!) Estando (ainda) com sede, 1 foi fácil beber "a penalti"! O, agora, maridão a olhar "já bebeste?!" Saímos da igreja e foi a chuva! Chuva de trinca de arroz (adoro dizer trinca!) as pétalas de flores! Os mil beijinhos e abraços! Tão bom!! 







segunda-feira, 25 de março de 2013

sábado, 23 de março de 2013

Bom Dia! Hoje é o Dia!

Calendário oferecido pela Caracolinhos
Aqui estou eu, novamente no cabeleireiro! :)
Trouxe o computador porque são muitos minutos enfiada no secador e assim sempre me escapo de pensar e me stressar!

Dormi bem! Mas dormia muito mais!...seis horas não me satisfazem!
Estou apática...estou feliz, mas não estou nervosa! ;)

Ontem enquanto enfeitava o carro parecia que não era nada comigo! Como se o estivesse a fazer para outra pessoa! Houve alguns detalhes de ultima hora...esqueci-me de imprimir o número de uma mesa e, dois familiares lembraram-se que afinal vinham (quando passaram todo o tempo a dizer que não...) pelo que, nas pressas, o nome dessa mesa ficou ligeiramente mais pequeno...(ainda tentei corrigir...mas não sei porque carga de água, não correu bem...e assim ficou!)

O sol veio trazer mais brilho ao meu dia! Está um bocadinho envergonhado, mas espero que espevite!
Anseio por vestir o meu vestido! Calçar o sapato...!

Ontem ainda fui "pegar" o bouquet! Está lindo que só ele! :) Tal qual eu queria! De facto a florista é uma profissional 5 estrelas...pena haver contratos a cumprir e a decoração da quinta não ter podido ser feita por ela!

Escolhemos as músicas! O bolo é magnífico - também a pasteleira fora uma querida!

De resto...se me estiver a escapar alguma coisa, não será mesmo agora que corrigirei!

Temos arroz, pétalas...amêndoas! Encontrámos o "Santo" pelo qual tanto procurámos...só não voltámos a ensaiar a dança...logo se vê!

Depois publicarei fotos! :)

Um beijinho da 

Feliz

quarta-feira, 20 de março de 2013

A três dias!

Olá pessoal!

Para quem pensa que desapareci por causa dos preparativos, desengane-se! 
Andei a investir ao máximo nos meus alunos, para dar uma relaxada durante os próximos dias!
Como eles têm exame, há que ficar de consciência tranquila! 

Quanto ao casório, falta terminar as prendinhas e fazer os marcadores de mesa! De resto, pelo menos que me recorde, está tudo nos conformes!
Estremeci pela primeira vez no sábado, ao ouvir o coro a ensaiar na igreja! Olhei para o altar a pensar: eu vou estar ali, sábado! Pânico!

Entretanto, de quando em vez penso um pouco mais no assunto e nesses momentos...a minha barriga dá sinais da sua existência (ela que habitualmente é uma preguiçosa de primeira!)

Já temos livro de honra, entregámos arroz doce, fizemos as listas das mesas...e temos ensaiado a dança! Sou uma nódoa...uma distraída! Não tem corrido lá muito bem, pois não me consigo concentrar...e os passos saem ao lado...Lá nisso o moço surpreendeu e muito! Atinou com a dança à primeira! Sim senhor!

Já temos a confirmação do fotógrafo, dos músicos e hoje será a reunião com o chefe de sala! São tão giras estas coisas! 
O bouquet também está tratado! Um abuso...quem manda escolher flores farfalhudas? 

Mais...mais...deixem cá ver!

A roupa interior! Já a tinha, mas as damas, na despedida, resolveram reforçar o "stok" com uma lingerie muito simples, mas muito bonita! Gosto!

Já em relação ao cabelo...foi a parte da manhã..e agora aqui estou na parte dois: madeixa e ensaio...a coisa está para durar! Pelo que, toca a adiantar trabalho!

Não sei se volto a escrever até sábado!

Ah e não sei se já vos disse mas as alianças estão...um bocadinho largas...ups! Realmente, noiva dá pica para perder peso! É que tudo mexe minha gente...e sentem-se enjoos inexplicáveis!!


Dizia eu, que não sei se escrevo até sábado, espero que sim! (ah e ainda vou a Lisboa amanhã para uma orientação da tese!) Em todo o caso, torçam por mim, para que seja uma noiva descontraída e que consegue entrar na igreja e ver, sim gente, ver os convidados, sorrir para eles! Estar calma, era de facto o que eu gostava! Chegar ao final do dia e sentir que o tinha aproveitado ao máximo! 

Sou sistematicamente bombardeada com:
- vocês não comem,
- vocês não conseguem estar com toda a gente,
- o dia passará a correr,
- vão sentir que foi "tanto trabalho para nada",
...

e eu não queria, não quero, sentir nada disso!!

quarta-feira, 6 de março de 2013

A pedido do Daniel!

Acerca do noivo!

Eu não sei bem como vai ele...comprei com ele os sapatos, só! De resto, sei que leva lacinho, será um fato estilo Hugo Boss...mas nada mais!
Se anda ansioso? Sim, mais que eu! Hahaha! Estivemos a ler o que temos de dizer aquando o momento das alianças e tal...e ele diz: felicidade, em vez de fidelidade! Adoro!
Está a ser um momento muito giro! E ao contrário do que pensei (ou me fizeram pensar) não há grande stress, não há grande ansiedade! Tudo se faz bem, com tempo!
Hummm ainda acerca do noivo! Vai ter direito a um veículo xpto! E será acompanhado pelo padrinho que com ele trará as alianças, e que ao que consta, lhe ofereceu uns botões de punho brutais! 

Acho que vai ficar brutal! Ele de si já é bonito, tem charme, agora é só deixar fluir! :)


quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Detalhes


24 dias...

É quanto falta para o dia do meu casamento!
Já se começa a sentir um nervoso mais forte, fruto da pressão exercida especialmente pela família mais chegada.
Da minha parte acho que ainda tenho tempo para organizar os últimos detalhes e organizar também a avaliação dos meus alunos, que me ocupa por completo a mente!

Ora, neste momento temos praticamente tudo a postos, excepto:
- mesas (organização);
- decoração das mesas (flores);
- escolha das músicas de entrada na quinta, corte de bolo...
- presentes para os convidados.

Acho que é tudo!

Ah! E quero ainda uma biju super vistosa! 
Acham que tenho motivos para alarme? Vá, a sério!

Também já tenho o teste do cabelo feito e a marcação da última prova da maquilhagem!

Noivas...falta-me alguma coisa?!

(comprei outros sapatos com medo de não aguentar os cor de rosa todo o dia!)

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Para quem, como eu, ama Labradores!

Amigos, quem está interessado em Labradores...consultem!


No que me toca, e das experiencias que tenho, o meu Lab é a coisinha mais fofa e linda do mundo! Inteligente e sensível, não questiona as nossas atitudes e está sempre, sempre do meu lado!
Nos momentos em que estive sozinha, ele foi mais que uma companhia, foi o meu amigalhaço! 
Amante da água e dos passeios, é das "coisas" mais importantes da minha vida! A testemunha-lo ficarão as fotografias do casamento! 
Por hora, fica mais uma foto, do fim de semana passado! Como sempre: se tem água, o Lab está dentro!




sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

"Anda um filho a criar um pai para isto?"

Às vezes as coisas também podem ser colocadas ao avesso! Estranho não é? 

Durante todo o nosso percurso o que nos ensinam é que os pais criam os filhos, dão-lhes educação, carinho e alimentação. A determinada altura, os filhos ganham "dois dedos de testa" e começam a retribuir o que lhes foi dado...ou deverei dizer "emprestado"? Ainda assim, as coisas funcionam mutuamente, num jogo de dar, receber e trocar, sem interesses. 

Apercebi-me que nem sempre as coisas funcionam dessa maneira. Deparo-me com os extremos:

- pais que dão tudo aos filhos em troca de nada; dão-lhes o mundo se preciso for!...e continuarão a  dar  porque têm um coração bom. E estes com nada mais do que desilusões repetidas, lhes retribuem, pois sabem que façam o que fizerem terão sempre casa, cama, comida e roupa lavada.

- no outro extremo temos os filhos sedentos de agradar os pais a todo o custo! Brilham o mais que podem em tudo o que fazem! Voam, em voos cada vez mais altos...mas em vão. Os pais não vêem ou não querem ver o esforço que estas pessoas (que também são gente) fazem dia após dia...é um sistemático desprezo, uma persistente ignorância.

Será ao acaso que as situações de suicido entre jovens, agressões e auto mutilações acontecem? Não. Nada nesta vida acontece por acaso.
Por     ANPM

Downhill

Das recordações: Já desci esta escadaria de bicicleta!
Ah GT  chucker 1.0!!
Chega-se a uma fase da vida em que é necessário parar. Parar para pensar e para refletir acerca do que se fez e do que se tenciona fazer.
Ultimamente o meu silêncio prende-se, não só, com essa introspeção, como também com a proximação de um dia que muda, mais um pouco, a minha vida.
Não estou indecisa, não tenho medo, enfim. Nada.
Reflito essencialmente sobre o que fiz todos estes anos para trás: as amizades, as saídas, as férias, as loucuras, a escola...há tanta coisa boa a ser recordada! Há também coisas más, mas isso é como em tudo!
Do outro lado da moeda estão os sonhos do que se quer para o futuro. Não tenho muitos confesso. continuo a achar que sou uma miúda simples. Não peço para ser rica, apenas para ter dinheiro para o dia a dia, sem ter de gerar dívidas; queria ter uma casinha, assim bonitinha com jardim para o meu Lab e os meus filhotes!
Falta cerca de um mês para o casamento...é bom recordar, é bom programar!


terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Beijos e Beijinhos

agirlsdream-blog.blogspot.com 
Pronto, uma pessoa não vem à net uns dias e sente que há demasiada informação que se perdeu...e pior, nao e consigo atualizar! Se à locais onde sou dou uma vista de olhos, outras há em que perco muito tempo a ler e a sorrir com os posts publicados!

No blog da Pipoca ela referia-se a este inquérito http://www.comobeijaoportugues.com/ , que eu fiz e digo-vos é de facto muito agradável responder às questões porque nos leva a recordar coisas, boas e outras menos boas, mas ainda assim, partes da nossa história pessoal! 


quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Uns dizem que "com tempo tudo se faz"...

Eu garanto-vos que "sem dormir, tudo se faz".

Ando cansada, abatida, eu sei lá que mais. Falta tão pouco para o dia do meu casamento e o trabalho continua a absorver-me por completo. Durante o dia, e também à noite, penso em várias coisas que queria vir aqui escrever, partilhar convosco. Mas quando de facto estou no computador é somente para preparar materiais para as explicações.
Graças a Deus as coisas têm corrido bem e a "casa" está a crescer! Espero que a equipa continue sólida e os resultados sejam duradouros. 

Também fui "lá baixo" há dias experimentar o meu vestido de noiva! Foi uma adrenalina: ir e vir no mesmo dia! Passei pelo local do meu acidente...
Em relação ao vestido, não é igual ao que escolhi, mas como não tinha como o provar, e como o pessoal (mãe, mana, madrinha e cunhado/padrinho) aprovaram, dizendo até que é mais bonito, eu "calei-me". 
Fiz a prova e incrível que não foi necessário mexer em nada! Escolhi o véu, a lingerie, a liga e as meias! Sou ou não sou prática?

Entretanto o noivo também já tratou do seu fato! Está radiante e feliz! 
Já falei com a florista sobre o bouquet! Estou apaixonada pelas peónias, mas não sei se haverá em março, além de que são mais caras...
Falta conversar com a decoradora das mesas! O processo já está encaminhado no registo civil e...falta o cpm...não sei como vai ser...precisava de dias maiores...muito maiores...

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

De como anda esta cabeça de alho chocho...

Ontem desfizemos a árvore de Natal! 
Para mim ela estava linda como sempre! Vá, como no ano em que a fizera, há dois Natais atrás!
Arrumá-la é o caos dos caos! Parece que, tal como nós, come durante as festividades e engorda! Um verdadeiro desafio colocá-la no mesmo caixote!
Entretanto, abri o armário para colocar os sacos com os enfeites! "que raio de saco é este que aqui está?". Abro-o e vejo lá dentro uma série de bolas de Natal, lindíssimas, que ficaram por colocar na árvore! 
"Bem...fica para o ano que vem!" - disse ele vendo o meu ar de "anormal" a olhar para dentro do saco.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Mas o quê que me falta fazer?
Tenho andando um pouco atarantada no novo ano. A bem da verdade já é um costume antigo e não prenda de 2013.
Tenho uma série de coisas para "despachar" e feita lesma tenho adiantado bem pouco. É preciso terminar a distribuição dos convites, preparar aulas, passar a montanha Evereste de roupa que se acumulou (não faço ideia como), avançar com a tese de mestrado...e pânico, continuar na luta pela perda dos 3 míseros! Mas que chatice de vida. 
Nunca mais consegui cumprir com o desafio da moça e literalmente arrasto-me para ir para o ginásio! Tal qual como me é missão dolorosa sair da cama de manhã...pegar nas coisas para estudar...